10 de mar de 2008

Pintura no Parque


Em complemento ao post anterior, sobre o Pavilhão Central, gostaria de dar uma dica aos turistas que visitam o parque acompanhados de crianças ou mesmo para os adultos, não vejo problema nenhum.

Ao lado da entrada frontal do Pavilhão Central existe uma maquina para pintura em papel cartão. É inconfundível, um caixote verde com dois buracos em cima, fica ao lado de uma arvore e está ali desde que eu consigo me lembrar.

Está maquina é tão marcante para mim que fiz questão de um post à parte.

Funciona da seguinte maneira: dentro do “buraco” é fixado um papel para em seguida derramamos tinta de seis cores diferentes, branca, azul, preta, verde, vermelha e amarela. Ao terminar o operador liga a máquina e a tinta é espalhada pelo papel partindo do centro para as pontas. Se quisermos, ainda com a maquina ligada, podemos jogar mais um pouco de tinta. Quando termina sempre tem um desenho diferente e para enfeitar é grampeada uma moldura de papel para dar acabamento.

O “ingresso” para fazer a pintura deve ser adquirido no Pavilhão Central, em Janeiro de 2008 estava custando apenas R$ 2,50 e é uma bela lembrança para dar a avós, tios, padrinhos, etc.

Eu adorava!!!!!

2 comentários:

Tati Pastorello disse...

Oi!! Estas pinturas fizeram parte da minha infância e estão entre as lembranças mais doces... Estou escrevendo uma postagem sobre isso pra segunda-feira e encontrei suas imagens no google. Gostaria de postá-las, com o devido crédito, é claro. Posso? Beijos

André RP disse...

Olá Tati!
É claro que pode pegar as fotos.

É ótimo ver que meu filho "brinca" com o mesmo entusiasmo que eu ao fazer essas pequenas obras de arte.

Tem coisa que não muda!